2022 já começou pra ti?

A 1ª semana de 2022 acaba hoje e eu sinto que ainda não tô no clima de um novo ano, mas será que só eu estou assim? Minhas férias estão no fim e tenho aproveitado para descansar, será que é por isso que sinto que o ano ainda não começou?

Tantas perguntas para responder… Mas vamos por partes!

As primeiras férias da minha vida adulta!

Ok, oficialmente essas não são as primeiras férias da minha vida adulta, mas gosto de pensar nelas assim porque são, literalmente, as primeiras férias que tiro de um trabalho real/oficial. Eu explico: Durante muitos e muitos anos trabalhei apenas como freela, o que significa que não dava pra tirar férias de verdade porque minha renda cairia a zero. Mesmo que eu conseguisse adiantar trabalho, não tinha férias porque eu trabalhava diretamente com redes sociais e precisava estar sempre atenta a elas. Ano passado, quando passei a trabalhar com conteúdos projetados para outras áreas (e de carteira assinada, AMÉM!), pude começar a produzir textos que não somem depois de duas ou três horas no feed, o que me deu a chance de escrever e gerenciar conteúdos com maior espaço de tempo e, efetivamente, tirar a cabeça do trabalho por algumas semanas.

E por conta disso, eu relaxei MESMO. Fiz um pequeno freela no começo das férias, mas depois disso, me concentrei em esfriar a cabeça e produzir lentamente coisas para o PudimCast®. Descobri que meu corpo estava exigindo um descanso depois de 16 meses sem parar. Como expliquei no post anterior, esse longo tempo trabalhando sem descanso foi por conta da minha troca de emprego. Aliás, olhando para esse post, pouco fiz do que estava planejando para as minhas férias. Continuo uma negação no ukulele e no tricô. 😅

Mas eu só descansei mesmo?

Acho que 90% dessas férias foram descanso. Pude me dedicar à leitura e joguinhos novos, além de ficar boa parte do meu tempo deitada eternamente em berço esplêndido na cama. Ah, também montei o planejamento de alguns projetos novos, tanto aqui pro blog quanto para o Pudim, e gravei um episódio novo!

No quesito casa, bem, arrumei o que deu (ainda tenho caixas da mudança – mudei em JULHO), fiz uma super limpeza de fim de ano e agora tô só na manutenção. Preciso me desfazer de muitas coisas que já não cabem mais na minha vida, mas às vezes é tão difícil, não é? Sigo na batalha.

Talvez descansar tanto é que me dê a sensação de que o ano ainda não começou!

Férias ao longo da vida

Quando eu era criança, sentia que o ano só começava quando voltava às aulas; durante a faculdade foi a mesma coisa, o ano só parecia começar quando eu voltava à sala de aula. Essa ideia, repetida ano após ano, me fez associar o começo do ano à produtividade.

Ou seja, as férias eram só aquele período de descanso da tal “produtividade”.

E isso me dá tantos sentimentos conflitantes! De certa forma, me sinto culpada por não estar produzindo, mas me sinto bem por ter parado um pouco.

Será que o ano só vai começar mesmo quando eu voltar a produzir?! É tão difícil assim sentir a passagem do tempo quando estamos apenas descansando?! O ano já começou pra ti?!

Mais informações

Que tal dar uma lida nos outros conteúdos que eu já produzi?! Tenho trabalhado neles há um tempo e espero que inspirem outras pessoas. 😊
Tem bastante coisa aqui no blog e, aos pouquinhos, tenho alimentado o Pinterest com os conteúdos daqui e uns extras.

Além do blog e do Pinterest, eu mantenho duas newsletters: a PudimLetter, para conteúdos relacionados ao PudimCast, e a SlowLetter, uma newsletter para desacelerar. Conheça clicando na imagem ou assine direto pelo formulário:

Assinatura recebida!

Verifique seu e-mail e confirme a assinatura do boletim informativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: