As Plantas & a Lua

Praticamente desde que saí da casa da minha mãe tenho meu próprio jardim, e ele foi mudando com o tempo e conforme eu mudava e me mudava também (já escrevi sobre isso aqui). Mas teve uma coisa que eu nunca mudei: ele SEMPRE foi o mais natural possível. Adubos? Orgânicos. Soluções para pragas? Caseiras (o que já envolveu uma mistura com cebola, alho e pimenta que deixou minha casa fedendo por dias). No último ano passei a me dedicar ainda mais à agricultura natural e foi assim que aprendi a usar a Lua a favor do meu jardim. Hoje vim aqui dividir esse segredo.

Influência da Lua sobre as águas

A Lua influencia a Terra de diversas formas e a mais “clássica” delas (a que todo mundo conhece ou pelo menos já ouviu falar) é o movimento das marés: a Lua “puxa a água” do oceano para cima provocando a maré alta. O sol também influencia nas marés, mas por conta da sua distância em relação à Lua, calcula-se que ele tem cerca de 50% da força lunar.

Quem mora em regiões litorâneas/com praias já conhece isso muito bem: na maré alta o mar costuma se aproximar da costa e também está bem mais “forte” que na maré baixa. A atração gravitacional exercida pela Lua vai fazer com que toda a água que esteja com a sua superfície voltada para ela “se eleve”. O diagrama abaixo explica melhor:

Créditos: Enter Travel

As fases da Lua e até mesmo o alinhamento dela com o Sol vão produzir marés com amplitudes diferentes, o que é melhor explicado abaixo:

Créditos: Oceano para Leigos

Aqui estamos tendo uma visão macro das coisas, a influência da Lua nos oceanos, mas ela também exerce sua influência (embora em menor escala) sobre lagos e lagoas. Numa escala ainda menor, ela vai influenciar também na seiva das plantas. Isso mesmo, seu jardim também é afetado pela Lua.

Influência da Lua sobre as Plantas

A Agricultura se desenvolveu com base nas observações do clima, da estação do ano e das fases da Lua, com seus calendários de plantio e colheita girando em torno dos astros. A Agricultura Biodinâmica é uma vertente que se aprofunda nesse conhecimento e dela que eu trago as dicas.

Seguindo a lógica da atração gravitacional e adicionando as fases lunares, vamos obter um calendário que pode ditar o ritmo do nosso plantio doméstico. Para isso, precisamos observar a Lua.

Créditos: Pinterest

Lua Nova

Se já sabemos que a Lua vai “puxar a seiva”, a falta dela vai fazer com que a seiva se concentre no solo, não é? É a época para começar a cuidar do seu jardim e prepará-lo para novos cultivos — também é hora de dar manutenção, retirar as plantas mortas, adubar a área, adicionar composteira e proteções como palhinhas de arroz ou trigo.

Lua Crescente

Com o aumento visível da Lua no céu, a seiva começa a ser “puxada para cima”. Hora de se concentrar no que cresce acima do solo e também no que precisa de uma forcinha extra para crescer, como as trepadeiras, os arbustos e as mudas de árvores.

Lua Cheia

Essa é a fase em que a Lua aparece totalmente brilhante no céu, e também a fase em que ela mais “puxa a seiva para a cima”. Com essa puxação toda, as plantas se desenvolvem mais rapidamente, as flores ficam mais perfumadas e os frutos mais suculentos. É a fase ideal para colher ervas aromáticas e medicinais, também é uma fase boa para plantar frutíferas e hortaliças, ou seja, plantas que crescem acima do solo.

Lua Minguante

Conforme a Lua diminui no céu, vai deixando de “puxar a seiva”. Essa é a fase em que se começa a plantar o que cresce abaixo do solo, como beterrabas, batata, nabos e cenouras. Essa também é a fase para colhê-los, já que a seiva está concentrada neles e eles atingem o auge do sabor.

Créditos: Somos Verdes

Proximidade da Lua

Além de prestar atenção nas fases da Lua, é importante prestar atenção na proximidade da Lua com a Terra, fases chamadas de Apogeu (quando ela está mais distante) e Perigeu (quando ela está mais perto).

Créditos: Unidades Imaginárias

Apogeu

Apesar de estar mais distante da Terra, é nessa hora em que tudo cresce e frutifica mais rapidamente. Com essa “escapadinha” da atração lunar, também são produzidas mais sementes. Hora de colher as frutas suculentas (mas não aguadas).

Perigeu

A aproximação da Lua com a Terra encurta a distância entre elas em 40.00km, tornando a atração gravitacional completamente irresistível para as plantas. Plantas que têm mais água em sua constituição (como suculentas, begônias e violetas) ficam mais viçosas. Essa não é uma boa fase para plantar, pois as raízes não conseguem se fixar bem no solo.

Aprender sobre a influência da Lua ajuda na manutenção do jardim doméstico e, para quem está começando nessa área, pode levantar muitos pontos interessantes para serem pesquisados e aprendidos.

💚

Mais informações

Que tal dar uma lida nos outros conteúdos que eu já produzi?! Tenho trabalhado neles há um tempo e espero que inspirem outras pessoas. 😊
Tem bastante coisa aqui no blog e, aos pouquinhos, tenho alimentado o Pinterest com os conteúdos daqui e uns extras.

Além do blog e do Pinterest, eu mantenho três newsletters: a PudimLetter, para conteúdos relacionados ao PudimCast, a SlowLetter, uma newsletter para desacelerar, e a Cartas da Cintia, uma newsletter bem pessoal onde abro o meu coração e dou dicas pontuais. Conheça e assine as newsletters.

💌

2 comentários em “As Plantas & a Lua

Adicione o seu

Deixe uma resposta para mayaryin Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: